Wednesday, April 28, 2010

Blogs no E-learning 2.0

Um blog ou web-log é um website que apresenta posts por ordem cronológica inversa. Um post pode ser um parágrafo de opinião, de informação diversa ou carácter pessoal (como um diário), podendo conter ligações para outros websites. O termo weblog é atribuído a Jorn Barger que o terá inicialmente referido em 1997 e que mantém o blog Robot Wisdom.
Os blogs podem também permitir a colocação de comentários por parte dos visitantes. A cada post podem ser associadas tags que permitem a sua classificação. Esta classificação é útil para recuperar o post após o seu arquivamento (muitos blogs mantêm arquivos dos posts mais antigos) ou para o associar a posts sobre o mesmo tema. Um blog pode ser mantido por uma única pessoa ou por várias.
A criação de um blog é um processo simples e acessível a qualquer utilizador. Existem aplicações gratuitas na Web que permitem, criar e gerir blogs, bem como armazenar o seu conteúdo com o por exemplo o Blogger. Para usar esta aplicação basta possuir uma conta Google (foi adquirida pela Google em 2003).
Entre os utilizadores de blogs é habitual o recurso à sindicância de conteúdos usando RSS ou Atom. O conteúdo é organizado em feeds (fontes) que depois podem ser acedidos usando agregadores de feeds e outras ferramentas. Os navegadores de Internet mais recentes possuem já funcionalidades de leitura de RSS. Desta forma, um seguidor de vários blogs pode ser notificado sobre as actualizações desses blogs sem ter de os visitar regularmente.
A comunidade de utilizadores de blogs e o universo dos vários blogs activos, cujo número será na ordem das centenas de milhões, é conhecida pela blogosfera (do inglês blogsphere). Para além de texto, é possível colocar outros conteúdos como fotografias e vídeo e inclusivamente colocar posts partir de dispositivos móveis. A título de exemplo, pode-se referir o blog O’Reilly Radar, da editora O’Reilly, que acompanha e comenta as tendências tecnológicas, particularmente na área das tecnologias de informação e comunicação. Outro exemplo, de uma área bem diferente, é o blog da Casa Branca, promovido pelo actual presidente dos EUA e que de alguma forma revela a importância que esta forma de comunicar tem vindo a assumir.
Como exemplos de blogs ligados ao mundo das tecnologia podem-se indicar o ReadWriteWeb ou o Engadget.
Existem actualmente dezenas de milhões de blogs registados, com maior ou menor grau de actividade. O website Technorati é um motor de busca colaborativo para blogs que recorre às tags definidas nos posts dos blogs.

A utilização de blogs em sistemas de e-learning 2.0 é útil para a participação individual de cada aluno, divulgando as suas opiniões sobre determinado assunto ou resultados de trabalhos desenvolvidos, sujeitando-as à apreciação de outros que podem colocar comentários no blog. Os blogs permitem a partilha de conhecimentos e experiências e contribuem para o desenvolvimento de comunidades de prática. Outra aplicação dos blogs é a sua utilização para a criação de portefólios digitais. Os blogs também têm sido usados para produzir ambientes de aprendizagem dinâmicos, não exigindo aos professores conhecimentos de HTML, e para suportar trabalho colaborativo. Um professor pode também usar um blog para manter informação actualizada sobre as actividades de um curso e disponibilizar artigos relacionados com os conteúdos e outros recursos.
As características dos blogues úteis do ponto de vista da sua aplicação ao ensino são as seguintes:
  • Criação e utilização gratuitas;
  • Facilidade de criação e manutenção exigindo apenas competências técnicas básicas;
  • Interactividade através da publicação de conteúdos que podem ser comentados;
  • Facilidade de actualização, bastando um acesso à Internet (o blog pode ser actualizado a partir de dispositivos móveis);
  • Possibilidade de interligação com outros blogs e sites;
  • Elevado dinamismo pela rapidez e facilidade de publicação de conteúdos.
Os blogs são uma das principais ferramentas usadas no campo do ensino (provavelmente por ser mais antiga e com larga divulgação). Os blogs são usados individualmente por professores, alunos ou gestores de instituições de ensino para além de integrarem as próprias actividades pedagógicas.
A importância dos blogs no ensino é ilustrada pela visão de Stephen Downes: “the e-learning application, therefor, begins to look much like a blogging tool”.

No comments:

Post a Comment